Ilustração: Les Gallagher ©ImagDOP

 

 

Golfinho-pintado

Stenella frontalis

 

Esta espécie é bastante gregária e é comum ser encontrada em grupos de centenas de animais. A sua coloração é distintiva quando os animais são mais velhos, e a pigmentação às pintas é tão característica que quando está presente é impossível confundir estes animais. No entanto a coloração dos animais mais novos é bastante parecida com a dos roazes o que é agravado pelo facto destas duas espécies se encontrarem por vezes associadas. No entanto, o tamanho médio do golfinho-pintado (2m) é inferior ao do roaz. Nos Açores o golfinho-pintado é bastante comum durante os meses de verão, podendo ser visto com frequência perto da costa.

Os hábitos alimentares desta espécie não são bem conhecidos mas tudo aponta para que sejam oportunistas, ou seja, que consumam uma grande variedade de alimentos, dependendo da disponibilidade de cada tipo de presa.

Também a reprodução desta espécie no Atlântico não é conhecida, e só podemos nos basear nas espécies do Pacífico. A maturidade sexual no Pacífico é atingida entre os 9 e 11 anos de idade e a gestação dura cerca de um ano, após o que nasce uma cria com 90cm. Os intervalos entre gestações desta espécie são muito variáveis, podendo ser desde 2.5 anos até 3.4 anos.

Texto: Rui Prieto