download
folheto
Marmac
>pdf, 3,43 mb<
>pdf, 0,97 mb<


 

O projecto tem como objectivo geral
valorizar o ambiente costeiro e marinho
da região da [Macaronésia] através do ordenamento do litoral, da melhoria da
gestão e do conhecimento da biodiversidade do arquipélago dos Açores e das Canárias.

[Macaronésia]
A região biogeográfica conhecida pela região da Macaronésia inclui as ilhas Selvagens e os arquipélagos dos Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde.
A Macaronésia inclui também o chamado “enclave macaronésio africano” que corresponde à zona Ocidental da costa Africana situada entre as Canárias e Cabo Verde.
Toda esta região partilha muitas características biológicas e contém comunidades de plantas e animais únicas.

     

 

  A investigação e a implementação de programas de monitorização estão a ser aperfeiçoadas através da caracterização e da avaliação continuada das Áreas Marinhas Protegidas (AMP).
  • Os benefícios ambientais e os impactos socio-económicos das AMP estão a ser avaliados.
  • Para uma melhor gestão das AMP está a ser formado pessoal qualificado.
  • Nos Açores e nas Canárias estão a ser criados Centros de Interpretação.
  • O valor e o respeito pela biodiversidade marinha continua a ser promovido através de campanhas de educação ambiental.
  • Estão a ser estabelecidas metas para salvaguardar o património marinho da Macaronésia
     
     
    Uma abordagem ecossistémica para a biodiversidade marinha
 
Acção Prioritária

 

 

 

Centro de Interpretação Marinha Virtual
Nos Açores, a acção prioritária do projecto MARMAC é a criação de um Centro de Interpretação Marinha Virtual, o > CIMV. Este material inovador, cujo suporte físico é um DVD multimédia, prevê a simulação de uma viagem virtual aos ecossistemas costeiros, pelágicos e profundos do oceano Atlântico. O CIMV terá também uma base onde os visitantes poderão conhecer de perto o veículo de exploração subaquática que nos leva aos 3000 m de profundidade virtual!
 

         
   

 
Na ilha do Corvo e em parceria com a empresa de actividades marítimas-turísticas – Nauticorvo será criado também um espaço de interpretação dedicado à conservação do meio marinho.

     
Outras Actividades a Decorrer no Âmbito do MARMAC
 
   
  • Determinar o valor de actividades extractivas (pesca) e não extractivas (operadoras de actividades marítimo-turísticas) realizadas ou praticadas dentro dos futuros parques marinhos do Canal Faial-Pico e do Corvo.
  • Estudar a ecologia pelágica de cagarros no Arquipélago dos Açores através de telemetria por satélite e da caracterização oceanográfica das áreas de alimentação. Os censos populacionais das aves marinhas que nidificam no arquipélago irão continuar também no âmbito do Marmac.
  • Caracterizar e monitorizar ecologicamente as áreas marinhas classificadas ou com importância para conservação, de forma a assegurar uma avaliação contínua dos seus benefícios biológicos e a promoção do desenvolvimento de actividades económicas sustentadas.
     
     
      ^ topo
Website Design & Web Master: Emmanuel Arand - doublefishdesigns.com