Notícias do DOP e do Centro do IMAR da UAc

Missão Graciosa 2017

Ilha Graciosa, uma pequena pepita

framegrab-2017-06-27-00h29m00s820framegrab-2017-06-27-01h34m09s362Decorre até à próxima sexta-feira a missão Graciosa 2017 organizada pelo GAMPA (Grupo de Trabalho em Áreas Marinhas Protegidas dos Açores). Esta missão, onde participam colegas do DOP-IMAR/MARE, DB-CIBIO e IFREMER, tem por objectivo caracterizar em maior detalhe as comunidades biológicas da plataforma desta ilha e, em particular, das áreas marinhas protegidas (AMP) aí declaradas.

Várias descobertas de destaque foram já efectuadas, em particular ao nível da detecção de uma série de habitats bentónicos com importância para a conservação. Entre estes incluem-se bancos de laminárias (cujos registos açorianos se restringiam até aqui ao Banco das Formigas), bolsas de rodólitos (maerl), agregações de esponjas circalitorais, povoamentos de grandes hidrários e antigos recifes de corais duros. Devido à sua fragilidade relativamente a impactos físicos directos, várias destes habitats podem ser consideradas ecossistemas marinhos vulneráveis.

Pelo contrário, a monitorização dos peixes costeiros nas AMP do Parque Natural de Ilha tem revelado populações relativamente empobrecidas relativamente a outras ilhas. A missão é patrocinada pelo programa BALA, financiado pela Direcção Regional dos Assuntos do Mar.

Additional information