Notícias do DOP e do Centro do IMAR da UAc

Anúncio Bolsa de Mestre IMAR/BI/MARE/ FSA

Encontra-se aberto concurso para atribuição de uma Bolsa de mestre no âmbito do programa estratégico UID/MAR/04292/2013-MARE, atribuído ao IMAR financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia FCT/MCTES através de fundos nacionais (PIDDAC). A bolsa terá início previsto para 1 de setembro de 2018 e a duração de quatro meses.

Área Científica: Avaliação de recursos pesqueiros. Esta bolsa de investigação tem como objetivo analisar os fatores que afetam a dinâmica de capturas por artes de palangre de fundo e avaliar efeitos potenciais na estimação de abundâncias dos principais recursos pesqueiros demersais do arquipélago dos Açores. A tarefa principal consiste na análise detalhada da influência dos efeitos de competição e saturação da arte na interpretação das taxas de captura para as estimativas de abundância.  A tarefa deve definir uma metodologia para este tipo de análise para as espécies consideradas alvo e não alvo, incluindo a metodologia tradicional de análise utilizando séries temporais históricas do cruzeiro e tecnologia de imagem para observação, documentação e descrição dos processos de competição e saturação da arte.

Requisitos de admissão: Os candidatos devem possuir um grau de mestre em ciências do mar ou em áreas afins, e possuir experiência na área da avaliação de recursos pesqueiros ou da biologia pesqueira. Os candidatos devem possuir suficiente independência científica para para análise estatística de séries históricas de dados de cruzeiros de investigação e familiarização com ferramentas de modelação, como os modelos lineares generalizados em ambiente R, demonstrado pelo registo de publicações científicas. Será considerado valor acrescentado a facilidade de escrita em Inglês, um bom registo de publicações científicas na área da pesca e uma boa capacidade de trabalho em equipa.

Plano de trabalhos:

 O candidato terá como funções específicas:

  1. Caracterização da dinâmica de captura da arte de palangre de fundo dos Açores (formulação de hipóteses);

  2. Construção de bases de dados de abundância relativa (ou proxys) e variáveis explicativas relevantes para caracterização da dinâmica de captura, utilizando séries de dados históricos;

  3. Análise dos efeitos de competição e saturação da arte de pesca na abundância estimada;

  4. Legislação e regulamentação aplicável: A bolsa é atribuída ao abrigo do Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei nº40/2004, de 18 de Agosto e alterado e republicado pelo Decreto-Lei nº 202/2012 de 27 de agosto, com as alterações introduzidas pelos Decretos-Lei nº 89/2013 de 9 de julho, Decreto-Lei nº 233/2012 de 29 de outubro e Lei nº 12/2013 de 29 de janeiro, e pelo Regulamento de Bolsas e Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia em vigor (www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt).

  5. Desenho experimental para observação e quantificação dos processos de captura do palangre de fundo;

  6. Escrever documentos de trabalho e artigos científicos sobre os resultados obtidos.

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no IMAR Instituto do Mar com sede no Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, na Horta (Ilha do Faial), sob a orientação científica do Doutor Mário Rui Pinho e Hélder Marques da Silva.

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração de 4 meses, com início previsto a 1 de Setembro de 2018.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a 980 €, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores). A este valor acresce Seguro Social Voluntário (por apresentação do comprovativo de pagamento) e Seguro de Acidentes Pessoais. A remuneração mensal e o seguro social voluntário serão pagos mensalmente por transferência bancária.

Métodos de seleção: A seleção dos candidatos será feita com base na avaliação curricular, tendo em conta a formação académica e a experiência profissional descrita nos requisitos de admissão. Poderão ser realizadas entrevistas para avaliar melhor a capacidade dos candidatos.

Apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 2 a 13 de julho de 2018. As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: Carta de motivação com justificação das competências para o cargo, Curriculum Vitae detalhado e cópia dos certificados de habilitações literárias. O não envio dos documentos solicitados será motivo para exclusão da candidatura. As candidaturas deverão ser enviadas por email para Doutor Mário Rui Pinho (mario.rr.pinho@uac.pt), cc para Sandra Silva (sandra.eg.silva@uac.pt).

Composição do Júri de Seleção: Mário Rui Pinho (Presidente do Júri), Hélder Marques da Silva (Vogal), e João Gil Pereira (Vogal).

Notificação dos resultados: os resultados finais da avaliação serão apresentados através de lista ordenada por pontuação final obtida e enviados por correio eletrónico a todos os candidatos, sendo o candidato aprovado notificado através de email. Caso a decisão seja desfavorável os candidatos dispõem de um prazo de 10 dias úteis para se pronunciarem. O júri reserva-se ao direito de não atribuir o contrato em função da qualidade das candidaturas.

Additional information