Notícias do DOP e do Centro do IMAR da UAc

Concurso para contrato de trabalho a termo resolutivo certo para técnico de recolha e análise de imagem sobre o mar profundo (MapGES)

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de um contrato de trabalho a termo resolutivo certo para um Técnico de recolha e análise de imagem no âmbito do Projecto de Investigação ACORES-01-0145-FEDER-00056 - Mapping deep-sea biodiversity and “Good Environmental Status” in the Azores: assisting with the implementation of EU Marine Strategy Framework Directive – MapGES, financiado pelo Programa Operacional Açores 2020 e desenvolvido pelo IMAR-Instituto do MAR, com sede no Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, na Horta (Ilha do Faial).

 

Área técnica/científica: Recolha e análise de imagem do mar profundo dos Açores, incluindo saídas de mar, desenvolvimento, teste, operação e manutenção de equipamentos científicos.

Requisitos de admissão: Os candidatos deverão possuir:

  1. Pelo menos Mestrado em área afins biologia marinha, vídeo, ou imagem;

  2. Experiência em anotação e análise de vídeos;

  3. Experiência em operação de equipamentos científicos e experiência de mar;

  4. Experiência na utilização de ferramentas de recolha de imagem;

  5. Competências em trabalho de equipa e elevada autonomia.

Legislação aplicável: Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, com todas as alterações sucessivamente introduzidas. Contrato a celebrar para execução de tarefa ocasional, nos termos da alínea g), nº 2, do artigo 140º do Código do Trabalho.

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no IMAR Instituto do MAR, com sede no Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores na Horta (Ilha do Faial), sob a orientação científica do Doutor Jorge Fontes e Doutor Telmo Morato

Duração do contrato: O contrato vigorará por seis meses e será eventualmente renovável por 24 meses, durante o decorrer do projeto MapGES, nos termos da lei. Em nenhuma circunstância o contrato vigorará para além do prazo necessário para a execução do projeto, não podendo, igualmente, exceder o limite legal de três anos.

Valor da remuneração: O técnico será remunerado de acordo com a regulamentação portuguesa, sobre o serviço público na categoria "Técnico Superior” no índice 15, e todos os outros benefícios previstos na legislação portuguesa.

 

Métodos de seleção: A seleção dos candidatos será feita com base na avaliação curricular, tendo em conta e a demonstração das capacidades enumeradas nos requisitos de admissão. Poderão ser realizadas entrevistas para melhor averiguar as capacidades dos candidatos.

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 27 de Junho a 17 de Julho de 2017. As candidaturas devem ser formalizadas por correio eletrónico, devidamente identificadas com o assunto “Concurso – MapGES”, para Sandra Silva (sandra.eg.silva@uac.pt) c.c. para Doutor Telmo Morato (t.morato@gmail.com), com os seguintes documentos: carta de motivação com justificação das competências para o cargo em questão e Curriculum Vitae detalhado. O não envio dos documentos solicitados será motivo para exclusão da candidatura.

 

Composição do Júri de Seleção: Doutor Telmo Morato (Presidente do Júri), Doutor Jorge Fontes (Vogal), Doutora Marina Carreiro-Silva (Vogal). A composição do júri pode ser alterada em virtude de eventual conflito de interesses com candidatos concorrentes.

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão apresentados através de lista ordenada por pontuação final obtida e enviados por correio eletrónico a todos os candidatos, sendo o candidato aprovado notificado através de correio eletrónico. Caso a decisão seja desfavorável os candidatos dispõem de um prazo de 10 dias úteis para se pronunciarem. O júri reserva-se ao direito de não atribuir o contrato em função da qualidade das candidaturas.

Additional information